As 6 tendências visuais que irão dominar 2016

the-voice-tendencias-visuais

Getty Images apresentou as tendências em imagens para o mundo da publicidade, design e das marcas

1. A imagem em 2016

O site de fotografias Getty Images, usado à exaustão pelo mundo do fotojornalismo, da publicidade e do design, lançou novo estudo que mostra o que vem por aí. A análise do site indica as tendências imagéticas de 2016. O estudo serve de guia para o mundo do design, da publicidade e para a estratégia das marcas em geral. Para criar a análise, eles contaram com especialistas em fotografias e pesquisadores do próprio site. Eles também estudaram os padrões nos 400 milhões de downloads feitos no site. Confira, na galeria de imagens, as seis tendências de 2016.

2. 1. Existência divina

“Conforme as marcas começam a focar em valores, conforme mudamos o nosso foco para um consumo mais significativo, uma onda de conceitos como bondade, determinaçao e interconectividade surgem no panorama visual. Num mundo repleto de imagens, marcas e storytellers estao colocando propósito no centro de suas narrativas e recorrem, agora, ao nosso senso de valor, para dentro e para fora”.

3. 2. Extensão humana

“A tecnologia está mudando o jeito que vivemos nossa vida, compartilhamos nossas experiências e assimilamos nossos arredores. Esta tendência explora como a tecnologia se torna uma extensao de nós mesmos, desafiando os nossos conceitos do que significa ser humano ao otimizar nossos corpos, expandir nossa capacidade de memória e criatividade e oferecer conectividade total”.

4. 3. Insurgente

“Pessoas que desafiam os limites e imagens que rompem com a tradiçao sao aceitos cada vez mais, já que o gosto popular tem se tornado mais audacioso. Ao sermos cada vez mais inundados por imagens replicadas em massa e os textos que as acompanham, o nosso apetite por um ponto de vista único e elementos visuais que se destacam aumenta. Esta tendência analisa o modo de pensar nao convencional e a ruptura que vem dos outsiders na forma de rebeldes, excêntricos, nao-conformistas e anti-heróis”.

5. 4. Caos estético

“Um passo além da previsibilidade e uma reaçao à perfeiçao que muitas vezes vemos nas imagens publicitárias, a abordagem do Caos Estético à produçao de imagens destaca-se em meio a um movimentado mercado de mesmices. As imagens sao bagunçadas, sujas, suadas, viscerais, maravilhosas e horríveis. Elas surgem do nosso desejo de fugir da higienizaçao e da previsibilidade da vida cotidiana e de deleitar-se no aspecto físico da natureza humana”.

6. 5. Silêncio vs. Barulho

“2016 promete ser cheio de extremos visuais, grandes contrastes e contradiçoes estilísticas, e o Silêncio vs. Barulho pode ser visto como um contraponto ao Caos Estético. As imagens sao simples e minimalistas e abrem espaço para que os clientes criem mensagens similares: sucintas e descomplicadas, mas lindamente executadas de forma a se sobressaírem quando contrastadas às imagens mais frenéticas. Visualmente, dizem “menos é mais”, tanto na composiçao quanto na cor. Sao muitas vezes quietas e contidas, e sao muito eficazes num mundo visualmente estimulado ao excesso, onde uma abordagem calma cria um contraste bem-vindo”.

7. 6. Surrealismo

“Os fotógrafos estao usando um novo tipo de manipulaçao de fotografia para criarem imagens lúdicas e muitas vezes surreais. Aparentando, às vezes, uma versao do século XXI da psicodelia dos anos 60, as imagens também sao influenciadas por sonhos, pelo subconsciente e pelo movimento surrealista original. Em resposta a uma década dominada pela autenticidade e pelo realismo, temos agora um apetite enorme pelo surreal e pelo inesperado”

Fonte: Exame.

 

Deixe um comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *