Projeto quer multar publicidades que “objetificam” a mulher

A proposta prevê a proibição de propagandas que exponham ou estimulem a violência sexual contra as mulheres e estabelece uma multa de R$ 5 mil a R$ 200 mil